MOMENTO FERNANDO PESSOA


Pois cai um grande e calmo efeito

De nada ter razo de ser

Do cu, nulo como um direito,

Na terra vil como um dever.




No sou nada.

Nunca serei nada.

No posso querer ser nada.

parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.