MOMENTOS FERNANDO PESSOA


[001] [002] [003] [004] [005] [006] [007] [008] [009] [010]

[011] [012] [013] [014] [015] [016] [017] [018] [019] [020]

[021] [022] [023] [024] [025]




Não sou nada.

Nunca serei nada.

Não posso querer ser nada.

À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.